Arquivo | Junho, 2011

Funiculi…funicula…

30 Jun

A vida no país da pizza vai bem, obrigada. Comecei a trabalhar semana passada. É uma vendinha, que tem de tudo um pouco, mas o seu forte mesmo é a venda de mozarela de búfala. O movimento ainda tá bem fraco porque o lugar estava fechado e vai precisar de um pouco de publicidade.

Por enquanto vou trabalhar um dia sim e um não. Quando o movimento melhorar, talvez trabalhe diariamente ou faça turnos. Enfim, pra começar está ótimo. Tempo ocioso faz a gente pensar demais em tudo.

Continuo na casa do Save, enquanto não estiver fixa no emprego não poderei assumir uma dívida séria como o aluguel de um apê. Paciência é a palavra de ordem no momento. Confesso que não é fácil, sinto falta de um lugarzinho pra chamar de meu, mas essa hora vai chegar logo. Assim espero…

O termômetro não para de subir. A temperatura tem ficado sempre acima dos 30 graus. Mamma mia che caldo! – como diriam nossos amigos italianos. Infelizmente, ainda não pude curtir o calorzão na praia, fui duas vezes à piscina, mas não fiquei muito tempo. Bom, de qualquer maneira, tô com uma cor marrom-bombom. O branco lúcido da Irlanda já desapareceu…hehe

Estou melhorando meu italiano mais rápido do que pensava. Entendo praticamente tudo, mas às vezes falta vocabulário para me expressar melhor. Ter estudado antes valeu a pena, me ajudo muito, mas preciso confessar que desde que cheguei não estudei muito, não sei porque mas me sinto meio desmotivada. De qualquer forma, vou me obrigar a terminar o nível intermediário do site. Tenho até o final de agosto pra fazer isso. Força na peruca!

Tenho sentido falta de falar português. Agora só falo pela internet e como estou trabalhando, tenho ficado pouco tempo on-line. A parte boa é que com isso aprendo italiano mais rápido; a parte ruim é que chega uma hora que o seu cérebro quer descansar e falando uma segunda língua é como trabalhar 24 horas x 7 dias na semana. Non stop! Outro dia estava em um bar com alguns colegas italianos que fiz por meio de um amigo e começaram a falar de um jogo que todos brincavam na infância. Óbvio que eu não entendi a piada e fiquei boiando. Imagina é o mesmo que eu cantar uma música da Xuxa, eles não vão entender nada. Enfim, cada um tem o seu background, né? Na minha infância teve Xuxa, Eliana, Bozo, Os trapalhões, Chaves etc. Ai ai… 

Bom, that’s all folks. Até a próxima diretamente da Pizzalândia.

 

 

I primi giorni in Italia

15 Jun

Os primeiros dias de Itália serviram para me organizar um pouco e comprar coisas que fui obrigada a deixar na Irlanda por falta de espaço na mala.

Fiz um “rancho”, como diriam os meu amigos gaúchos, na área de perfumaria: xampu, condicionador, protetor solar etc. Mas o que fez os meus olhinhos  brilharem de verdade foram os dois itens abaixo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

O preço das coisas aqui é muitíssimo baixo se comparado com a Irlanda. Paguei €19,90 na piastra e €26,90  no secador.

A adaptaçao nao está sendo difícil, como já imaginava, afinal, o clima aqui è otimo, a comida maravilhosa e um fator que conta, e muito, è  estar perto do meu namorido.  

A questão emprego ainda está sendo resolvida, mas acredito que devo começar segunda que vem fingers crossed!  Antes que alguém pergunte o que farei exatamente, a resposta é simples: não sei! Descubro e depois compartilho…hehe

Os dias têm sido muito muito quentes, em torno de 26 ⁄ 30 graus e é só o começo do verão. Bom, depois de 2 verões na Irlanda ( se é que se pode chamar aquilo de verão) finalmente vou curtir um pouco de sol e praia.

A questão moradia será resolvida logo após a questão emprego, mas não há o que temer; como sempre brinco com o meu pai, eu sou uma homeless poliglota, posso pedir some change em algumas línguas…haha

Assim que tiver mais novidades, volto a escrever. A idéia é que o blog seja o meu canal de comunicação com a família e os amigos que estão longe e, pra isso, tentarei atualizar sempre.

 Bacci ragazzi

Ciao